O site da Cabral Moncada Leilões utiliza Cookies para proporcionar aos seus utilizadores uma maior rapidez e a personalização do serviço prestado. Ao navegar no site estará a consentir a utilização dos Cookies.Saiba mais sobre o uso de cookies
view_list
Ver como lista
view_module
Ver como cartões

euro_symbol€ 25,000 - 37,500 Base - Estimativa

gavel€ 25,000Vendido

euro_symbol€ 4,000 - 6,000 Base - Estimativa

gavel€ 6,500Vendido

213

DRUMMOND DE MELFORT, Louis Hector, Comte.- Traité sur la cavalerie.- A Paris: De l'Imprimerie de Guillaume Desprez, 1776.- XXII, [2], 505, [2, 1 be.] p.: 1 portada grav., 11 gravuras; 47 cm. + 1 vol. de atlas (32 gravuras; 65 cm).
Edição original uma obra monumental e consagrada na temática da cavalaria militar. O autor (1721-1788) foi oficial de Cavalaria no Exército Francês durante a Guerra dos Sete Anos (1756-1763) onde a superioridade da Cavalaria prussiana foi evidente, pelo que decidiu publicar o presente tratado, no sentido de reformar e reorganizar a Cavalaria francesa. O volume de texto, completo, muito ligeiramente manuseado, mas limpo, inclui uma portada alegórica e 11 gravuras a talhe-doce (oito de dupla folha), para além de duas grandes vinhetas, uma no rosto e outra no final (21x17 cm) representando uma formação de quatro batalhões. O volume de atlas, de formato in-fólio máximo, igualmente completo, é constituído por 32 gravuras, sendo 29 duplas (±96x65 cm) e três desdobráveis, XIV, XV e XXV (±178x65 cm). Estampas um pouco manuseadas e empoeiradas, apresentando ocasionais manchas e rasgões menores, sobretudo nas dobras, mas sem falta de suporte. Os dois volumes revestidos de encadernações da época, diferentes: o primeiro, com ex-líbris da Bibliothèque du Maréchal Jourdan, apresenta uma encadernação convencional, inteira de carneira tabaco levemente mosqueada, um pouco cansada, mas recuperável; o volume de atlas, com dois ex-líbris do marquês e do conde de São Payo, com encadernação inteira de chagrin bordeaux, apresentando ao centro de ambos os planos, um super-libros heráldico francês, não identificado, com coroa de duque(?) e dois colares de ordens honoríficas. Ambos conservam as guardas originais: em papel azul (à la colle), no primeiro tomo; em papel azul, acetinado (moirée), no atlas. Mennessier de La Lance, I, p. 408/409.

euro_symbol€ 6,000 - 9,000 Base - Estimativa

gavel€ 6,000Vendido

177

BARTOLOZZI, Francesco.- [Album de gravuras].- S.l.: s.n., s.d. [ca. 1760-1790].- [57] gravuras; 54 cm.- E.
Volume de grandes dimensões reunindo 57 gravuras montadas em 48 folhas, das quais, pelo menos, 43 são da autoria de Francesco Bartolozzi, quer na qualidade de artista original, quer na de gravador, sendo duas como orientador (nove estampas não apresentam subscrição de gravador). Bartolozzi (1725-1815) nasceu em Florença, mas foi em Londres que se tornou conhecido, tendo desenvolvido ao mais alto nível a técnica do ponteado. Em 1802, a convite de D. Rodrigo de Sousa Coutinho, estabeleceu-se em Portugal onde dirigiu uma aula de gravura. A lista das gravuras, com títulos, temas e subscrições (simplificadas) é a seguinte: 1 - [Figura femnina a ler]. Barbierin inv. — Bartolozzi scu.; 2 - [Anjo]. Guercino inv. — Vitalda sculp.; 3 - [Figura masculina junto a nascente]. Guercino inv. — Bartolozzi sculp.; 4 - [Grupo de quatro pessoas e uma criança]. Guercino inv. — AG fecit 1760; 5 - [Duas figuras femininas]. Guercino del. — s.n.; 6 - [A Virgem e sete figuras femininas]. S.n. — s.n.; 7 - [Figura feminina com chapéu]. S.n. — s.n.; 8 - [Figura femnina a ler]. S.n. — s.n.; 9 - [Figura masculina e criança]. Guercino inv. — Bartolozzi sculp.; 10 - S. Nilus. Zampieri pinx. N. Vanni del. — Bartolozzi sc.; 11 - Magnus Basilus. Zampieri pinx. — Bartolozzi sc.; 12 - S. Gregorius Nazianzenus. Nicolas Vanni del. — Bartolozzi sc.; 13 - S. Athanasius. Zampieri pinx. — Bartolozzi sc.; 14 - S. Gregorius Nyssenus. Zampieri pinx. N. Vanni del. — Bartolozzi sc.; 15 - S. Cyrillus. Zampieri pinx. N. Vanni del. — Bartolozzi sc.; 16 - S. Nicolaus. Zampieri pinx. N. Vanni del. — Bartolozzi sc.; 17 - S. Io. Damascenus. Zampieri pinx. N. Vanni del. — Bartolozzi sc.; 18 e 19 - [Dois frisos gregos]. Cipriani inv. — Bartolozzi inc.; 20 e 21 - [Dois frisos gregos]. Cipriani inv. — Bartolozzi inc. 22 - [Figura de Bispo]. Guercino inv. — Bartolozzi sculp.; 23 - A Sacrifice to Diana. P. de Cortona auqf. — Bartolozzi sculp.; 24 e 25 - [Duas gravuras]. Bartolozzi del. et sculp.; Cipriani inv. — Bartolozzi sculp.; 26 - [Aparição de Jesus a grupo de três apóstolos?]. Domenichino inv. — Bartolozzi sculp. In Londra 1765; 27 - [Menino a dormir]. Bartolozzi del. et sculp.; 28 - [Nossa Senhora do Rosário com o Menino]. Guercino inv. — Bartolozzi sculp.; 29 - The Judggment of Solomon. Paolos Galiery inv. — Bartolozzi sculp.; 30 - Th Infant Toilet. Bartolozzi inv. et sculp.; 31 - [Quatro putti [Baco?)]. Guercino inv. — Bartolozzi sculp.; 32 - [Figura feminina (Primavera?) e quatro putti]. S.n. — s.n.; 33 - [Menino Jesus]. S.n. — s.n. 34, 35 e 36 - [Julgamento de Paris]. Cipriani inv. — Bartolozzi inc.; Bacchanals. Lady Diana Beauclerk — Engr. by Bartolozzi; Virtue directed by Prudence to Honor. Cipriani del. — Bartolozzi sculp.; 37 - [Assassinato (grupo de quatro homens]. Guercino inv. — Bartolozzi sculp.; 38 - [Homem com armadura]. S.n. — s.n.; 39 - [Sacrifício de uma ovelha [Abraão?)]. Guercino invent. — Bartolozzi sculp.; 40 - [Virgem com o Menino e um anjo a tocar violino]. Guercino inv. — Bartolozzi sculp.; 41 - [Menino (Moisés?) e três figuras femininas]. Guercino invent. — Bartolozzi sculp. In Londra 1764; 42 - [Dois trovadores]. S.n. — s.n.; 43 - [Três figuras femininas, uma a pintar]. Guercino inv. — Bartolozzi sculp.; 44 - [Busto de jóvem]. S.n. — s.n.; 45 e 46 - Sculpture. Guercino inv. — Bartolozzi sculp.; History. Guercino inv. — Bartolozzi sculp.; 47 e 48 - [Duas figuras femininas (Diana?)]. A. Kaufman pinx. — Bartolozzi sculp.; Love and Fortune. Drawn by Cipriano — Engraved by Bartolozzi; 49 e 50 - [Três figuras femininas, uma no trono]. W. Hamilton — Bartolozzi Etchd; A Sacrifice to Cupid. Cipriani inv. — Bartolozzi sculp.; 51 e 52 - The Three Fine Arts. A. Kaufman inv. — Bartolozzi sculp.; Earth. Cipriani inv. — Bartolozzi sculp.; 53 - La Panserosa. A. Kaufman del. —B. Pastorini sculp. Bartolozzi direct.; 54 - L’Allegra.. A. Kaufman del. —B. Pastorini sculp. Bartolozzi direct. 55 - The Birth of Shakespeare. A. Kaufman pinx. — Bartolozzi sculp. 1782; 56 - [A Circuncisão no Templo (prova aparada). Drawn and engraved by Bartolozzi; 57 - [Jesus no Templo? (prova aparada)]. Drawn by Hussey — Bartolozzi sculp.. Algumas águas-fortes foram publicadas a partir de originais de grandes mestres, pelo próprio Bartolozzi, nomeadamente de Guercino (15 estampas) e de Domenico Zampieri (7 estampas). Outros artistas foram alunos e/ou trabalharam com Bartolozzi, tais como Angelica Kaufman, William Hamilton ou Cipriani. Todas as estampas terão sido gravadas antes da chegada do gravador a Portugal. As estampas de menor dimensão encontram-se montadas (coladas) em folhas de papel de elevada gramagem, em geral limpas e com boas margens. Etiqueta com pertence manuscrito na contraguarda: "Este livro é de Maria Christina Maldonado Passanha, Belém, 28/6/1863". Conjunto reunido num volume revestido de encadernação da época, inteira de carneira vermelha, um pouco cansada e desconjuntada, com cercaduras e as armas de Portugal (mal estampadas e com falhas) ao centro de ambos; uma guarda volante solta e danificada.

euro_symbol€ 1,600 - 2,400 Base - Estimativa

gavel€ 5,500Vendido

210

LUÍS, António.- ANTONII | LODOVICI ME- | dici Olyssipponësis Pro- | blematum libri quinq[ue]; opus | absolutü, & facu[n]du[m], & ua | rium, | multijugaque erudi- | tione refertiss[i]mum.- Olyssipone: [Luís Rodrigues], 1539-1540.- 61, [1] f.; 28 cm. Junto com: ANTONII | LODOVICI | medici Olyssip- | ponensis. | DE OC: | CVLTIS PRO- | prietatibus, Libri | quinque. | Opus præclarissimum.- Olyssippone: [Luís Rodrigues], 1540.- 71 [i., é 70] f.; 28 cm. Junto com: ANTONII LODOVICI MEDI- | CI OLYSSIPPONENSIS DE RE | MEDICA OPERA QVAE | HIC SEQVNTUR...- Olyssippone: Luís Rodrigues, 1540.- 151 [i. é 115], [1] f.; 28 cm.- E.
António Luís († ca. 1565), médico ilustre de saber enciclopédico, seguidor da corrente galenista, nasceu em Lisboa provavelmente nos primeiros anos do século XVI. Figura cimeira do humanismo renescentista português, profundo conhecedor da língua e filosofia grega, foi conhecido como “O Grego” e apelidado por Amato Lusitano de "utriusque linguae doctissimes". Excelente conjunto de três obras científicas publicadas nas suas edições originais. As duas primeiras obras apresentam frontispícios arquitectónicos xilogravados, com a divisa Mvsis dicatvm, nos frontões. Na terceira, o rosto é tipografado. Todas apresentam a marca do impressor Luís Rodrigues, no final. Leve mancha (de maré) nos dois últimos cadernos; pertence manuscrito, do século XIX, no rosto da primeira obra ("Dr. J[os]e Fructuoso Ayres de Gouveea Osorio") e índice manuscrito na guarda volante. De resto um exemplar muito limpo e com boas margens. Encadernação da época, inteira de carneira, com planos reconstruídos, mas conservando as guardas originais. Leilão Silva’s / Pedro de Azevedo, Maio de 1999, lote nº 522 (o mesmo exemplar). Anselmo, 1008, 1009 e 1010. Biblioteca Nacional (Século XVI), 469, 466 e 467 (este último incompleto). Biblioteca de D. Manuel II, 279, 276 e 277.

euro_symbol€ 3,000 - 4,500 Base - Estimativa

gavel€ 4,600Vendido

184

BERREDO, Bernardo Pereira de.- Annaes historicos do estado do Maranhaõ, em que se dá noticia do seu descobrimento, e tudo o mais que nelle tem succedido desde o anno em que foy descuberto até o de 1718.- Lisboa: Na Officina de Francisco Luiz Ameno, 1749.- [26], 710 p.; 28 cm.- E.
Primeira edição de uma obra da maior importância na historiografia brasileira, da autoria de Bernardo Pereira de Berredo (†1748), natural de Moura(?), governador do Estado do Maranhão (1718-1722) e da praça-forte de Mazagão, em Marrocos (1734-1745). Inocêncio apenas refere 24 páginas preliminares, mas o exemplar inclui uma invulgar folha com um Catalogo dos livros, e relações manuscritas, em que se achaõ algumas memorias do estado do Maranhão, verdadeira bibliografia de referência, acrescentada no final do terceiro caderno (f. preliminar d) e antes do início do texto. Pequeno pertence manuscrito, da época, na página de rosto; leve mancha central nas últimas oito folhas. De resto, um exemplar muito limpo, conservando amplas margens. Encadernação da época, inteira de carneira, com a lombada levemente cansada, conservando as guardas originais, com recorte de livreiro colado na contra-capa (primeira guarda volante solta). Inocêncio, I, p. 382. Samodães, 2396. Reiss & Auvermann, 1025. Borba de Moraes também só refere 12 folhas preliminares (Bibliographia brasiliana), I, p. 89: This first edition is rare and much searched for since it is a classic on Maranhão.

euro_symbol€ 3,000 - 4,500 Base - Estimativa

gavel€ 3,800Vendido

Mensagem