O site da Cabral Moncada Leilões utiliza Cookies para proporcionar aos seus utilizadores uma maior rapidez e a personalização do serviço prestado. Ao navegar no site estará a consentir a utilização dos Cookies.Saiba mais sobre o uso de cookies

1ª Sessão | March 13, 2017  | 350 Lotes

1/3

euro_symbol€ 2,500 - 3,750 Base - Estimativa

gavel€ 4,200Vendido

chevron_leftLote anterior 126 chevron_rightLote seguinte

Armas de Ravara, usadas pelo genovês Marquês Pedro Francisco Ravara (1672-1717) painel de 80 azulejos e meios azulejos decoração a azul português séc. XVIII (2º quartel) alguns partidos e colados, pequenas faltas e defeitos Dim. - 143 x 105 cm Notas: o presente painel de azulejos esteve colocado na casa onde viveu a sua viúva, D. Ana Maria Guido, no Poço Novo, em Lisboa - vd. SOUSA, J. M. Cordeiro de - "Colectânea Olisiponense". Lisboa: Câmara Municipal de Lisboa, 1953, pp. 131-133; e RAVARA, António Pinto - "O Marquês Dom Pedro Ravara. Um Genovês em Lisboa (1672-1717)". In "Anais. Série Histórica" - vol. I. Lisboa: Universidade Autónoma de Lisboa, 1994, pp. 125-133. Pedro Francisco Ravara, banqueiro, agraciado com o título de marquês no Estado de Milão em 1709, era irmão de José Ravara, progenitor dos diversos ramos da Família Ravara em Portugal, designadamente: Pinto Ravara e Ravara Bello. A Cabral Moncada Leilões agradece à LMT, na pessoa do Dr. Lourenço Correia de Matos, a identificação das armas e sua localização original.

Mensagem