O site da Cabral Moncada Leilões utiliza Cookies para proporcionar aos seus utilizadores uma maior rapidez e a personalização do serviço prestado. Ao navegar no site estará a consentir a utilização dos Cookies.Saiba mais sobre o uso de cookies

1ª Sessão | September 28, 2020  | 376 Lotes

1/2

euro_symbol€ 500 - 750 Base - Estimativa

remove_shopping_cart€ 0Retirado - Disponível para compra

chevron_leftLote anterior 55 chevron_rightLote seguinte

De jure patronatus CURTIUS PAPIENSIS, Rochus.- Accõmodatissimus et conducens | admodum tractatus de Jure patronatus a prestãtissi- | mo vtriusq[ue] ce[n]sure doctore dño Rocho de curte papie[n]- | si Jurium canonicon in ticine[n]si achademia p[ro]fessore or- | dinario Editus: cum vespertine iuris canonici lecture | prefectus esset. | ¢Ad lectorem. | [...] | Venundatur parrhisii in vico diui Jacobi | sub intersignio sancti Claudii, [1514].- LXXXVIII, [8] f.; 18 cm.- E. Rochus Curtius ou Rocco Corti (fl. 1470-1515), jurisconsulto, glosador e canonista, natural de Florença, leitor de Leis na Universidade de Pavia. O seu tratado "De jure patronatus", reúne um conjunto de observações e reflexões sobre as leis canónicas relativas ao patronato (ou padroado) exercido por membros da Igreja Católica, incluindo privilégios, comendas, foros e outras mordomias; os comentários de Rochus Curtius, inicialmente publicados em 1506, foram considerados o principal texto sobre este relevante e delicado tópico, pelo que foram reeditados por diversas vezes nos séculos XVI e XVII. A edição, inteiramente composta em caracteres góticos rotunda, a duas colunas, apresenta no rosto a elaborada marca do editor e "honestissimus uirus" François Regnault. No verso do fólio LXXXVII (ass. L8), um cólofon indica-nos a data precisa do terminus da impressão: "Anno a natiuitate dñi [domini] millesimo qui[n]gentesimo. xiiij. me[n]sis vero Junij. decimaqui[n]ta. Laus deo". Exemplar um pouco aparado, com três pertences manuscritos na página de rosto, de antigos possuidores portugueses (dois riscados); ocasionais anotações marginais manuscritas da época, por vezes prejudicadas pelo aparo. Encadernação singela, do século XIX, com a lombada e cantos em pele.

Mensagem